We use cookies to ensure that we give you the best experience on our website. If you continue to use this website, we will assume that you agree to the use of cookies.

HIGHLIGHTS - READ THE TALES

O Talismã

Written by: Hans Christian Andersen

O Príncipe Malvado

Written by: Hans Christian Andersen

O que o pai faz é sempre o certo!

Written by: Hans Christian Andersen

As Galochas Mágicas

Written by: Hans Christian Andersen

Pequenas Pinturas, Poucas Palavras, Muitas Leituras

Written by: Hans Christian Andersen

O Boneco de Neve (Snemanden)

Written by: Hans Christian Andersen

Véspera de Ano Novo (1848)

Written by: Hans Christian Andersen

O Talismã

Written by: Hans Christian Andersen

Synthesis

Esta história, inicialmente, não veio a público como a maioria das histórias e contos criados por H C Andersen. Nesse período, algumas delas foram publicadas em jornais ou revistas importantes da época. O conjunto dessas histórias veio a compor um livro, após a morte de H C Andersen. Há uma recorrência temática em todas elas: valores, moral, ética, religiosidade, amor tratados criativamente sem que o leitor esperasse pelo Moral da história ou ele se apresentasse claramente ao término dela, mas de repente percebe-se cada um desses temas tratados no conjunto ou em separado no corpo do texto. Vamos começar pelo O Talismã. O título já sugere uma mística, uma questão de sorte, algo que está fora da pessoa e que a impele a buscar onde quer que seja para ser feliz. Vamos lá!!!

Written by: Ana Maria da Costa Langkide

O Príncipe Malvado

Written by: Hans Christian Andersen

Synthesis

A história da humanidade traz, em suas origens, a presença constante de déspotas que aniquilaram populações, culturas, monumentos em nome de um poder e de uma incapacidade de se reconhecerem pessoas comuns. Por onde passavam destruíam tudo. Nada os impedia, nada interrompia o percurso perverso de impor sua vontade a qualquer custo. Durante a segunda guerra mundial o conto O príncipe malvado foi muito usado pelos dinamarqueses por entenderem que a figura do príncipe traçava o perfil de Hitler. Atualmente podemos identificar essa personagem com muitos líderes mundo afora. Cada um de nós poderá com certeza, nomeá-los.

Written by: Ana Maria Lankgilde

O que o pai faz é sempre o certo!

Written by: Hans Christian Andersen

Synthesis

Caros leitores, no próximo domingo celebraremos o dia dos pais. Lembrei-me de um conto muito interessante de Andersen: Hvad fatter gjør, det er altid det rigtige! Vamos compartilhar com vocês o texto homenageando os pais e, como sempre, trazendo mais uma contribuição de H.C. Andersen para nosso mundo literário. Lembrando que, toda “tradução” literária é uma recriação do texto original. Sempre mantenho as características originais do texto, as nuances humorísticas e críticas do autor; de minha parte, o cuidado com o uso da língua e a preocupação de não macular o texto original.

Written by: Ana Maria Lankgilde

As Galochas Mágicas

Written by: Hans Christian Andersen

Synthesis

Mais uma vez H. C. Andersen vem com um conto divido em partes. Em cada uma delas nos deparamos com uma experiência, com uma revelação, com uma maneira do ser humano se relacionar com o mundo e com seus sonhos. Como lidar com um sonho, um desejo e viver ambos com todas as consequências. Nada acontece de graça! Onde tudo começa? Em uma festa de família...Onde a primeira personagem inicia uma discussão sobre tempos passados... Nessa festa duas outras personagens são introduzidas: duas fadas, a primeira, uma das camareiras da Fada da Fortuna; a outra, a Fada da Tristeza que não delega a outros a responsabilidade de executar suas tarefas. Ela sempre acha que ninguém poderia fazer melhor do que ela. As duas fadas deixam, junto à porta um par de galochas. Essas galochas têm o poder de quem as calçar, ser transportado imediatamente, para a época que gostaria de viver, de experiências que gostaria de vivenciar, em suma proporcionaria à pessoa a concretização de um sonho, quase impossível, ou uma descoberta que poderá ser muito agradável, ou muito desagradável. Revelações inesperadas...

Written by: Ana Maria Lankgilde

Pequenas Pinturas, Poucas Palavras, Muitas Leituras

Written by: Hans Christian Andersen

|

Synthesis

Introdução Caros leitores, foi um prazer muito grande compartilhar essa obra com vocês. Muito embora esse livro tenha sido muito bem recebido pela crítica, H. C. Andersen nunca mais se aventurou em novos experimentos desse mesmo tipo. Escreveu ainda muito. Particularmente, considero esse livro uma de suas obras primas. A primeira edição veio em 1839 (em 1840 na capa aparece o título) com apenas 20 noites, a 2ª edição em 1845 era composta por 31 noites e a terceira e última edição em 1854, como parte do Volume 7 da coletânea de sua obra, inclui mais duas noites totalizando as 33 noites. Algumas noites haviam sido publicadas em almanaques e revistas antes de serem impressas nos livros mencionados.

Written by: Prof. Dra. Ana Maria Langkild

O Boneco de Neve (Snemanden)

Written by: Hans Christian Andersen

Synthesis

Essa história passa durante o inverno que poderia ser em qualquer lugar frio, mas aconteceu na Dinamarca. Parte da história narra um diálogo entre um cachorro e um boneco de neve. Esse último é estranhamente tocado pelo calor de um fogão à lenha. O cachorro entra na história para dizer-lhe que isso não seria recomendável para ele, na verdade seria péssimo, mas o boneco de neve não lhe deu ouvidos e ficava encantado visualizando de longe aquele belo fogão, tão quentinho e tão forte, mas vamos à história.

Written by: Ana Maria Lankgilde

Véspera de Ano Novo (1848)

Written by: Hans Christian Andersen

Synthesis

Hans Christian Andersen escreveu esse poema quando a Dinamarca estava em guerra e muitos lares foram dizimados. Muitas mortes, muitas dores, muitos sofrimentos, mas um novo ano batia à porta trazendo esperança.

Written by: Ana Maria Lankgilde

Who was
Hans Christian Andersen?

"My life is a beautiful fairytale, rich and wonderfully happy."

O escritor dinamarquês Hans Christian Andersen nasceu no dia 2 de abril de 1805 em Odense na Dinamarca. Como o próprio Andersen afirmava, sua vida era um conto de fadas e muitos dos acontecimentos que vivenciou marcaram sua vida e sua obra. Aqui você vai conhecer um pouco da vida e obra deste fantástico autor.

Biography The Institute Galleries

News

Video Galleries

Os lugares de H.C. Andersen - Introdução

Neste vídeo Ana Maria Langkilde faz um breve resumo da árdua vida de H.C. Andersen. Suas primeiras viagens para lugares inspiradores e de seus inúmeros desafios que o lapidaram e o tornaram atemporal

O Conto de Holger Danske - H.C. Andersen

Ainda na série - Os Lugares de Hans Christian Andersen - a professora Ana Maria Langkilde relata o conto da figura marcante que está nos porões do Castelo de Kronborg: Holger Danske.

Análise Holger Danske - H.C. Andersen

Continuação do Vídeo "O Conto de Holger Danske"; uma análise sobre as inspirações que H.C. Andersen usou para escrever este conto, resgatando a história Dinamarca na literatura e nas artes.

H. C. Andersen e Riborg Voigt - Den Voigtske Gaard

Em 18 de junho de 2021 ocorreu na cidade de Faaborg um grupo de pessoas se reuniu para ouvir uma palestra proferida por Niels Jørgen Langkilde sobre o amor secreto entre H. C. Andersen e Riborg Voigt.

Dia Mundial do Livro - Conversa com Ana Maria dos Santos

Ana Maria dos Santos Lankgilde fala da missão do Instituto Hans Christian Andersen e da genialidade do autor para professores e leitores de Portugal.

Pequenas pinturas, poucas palavras; muitas leituras

Não cabe aqui mencionar mais uma vez a genialidade criativa, crítica, humorística, mas ao mesmo tempo realista e atemporal desse autor.

Hans Christian Andersen em 1 Minuto

O escritor dinamarquês Hans Christian Andersen nasceu no dia 2 de abril de 1805 em Odense na Dinamarca. Como o próprio Andersen afirmava, sua vida era um conto de fadas!

HC Andersen Paraden

O premiado musical da Dinamarca, o H.C. Andersen Paraden é arte, cultura e folclore ao mesmo tempo.

Síntese O Patinho Feio

As inspirações de H.C. Andersen ao escrever sobre o Patinho Feio estava ali, na vista de todos!

Articles